Añadir esta página a favoritos

CATEGORÍAS


FABULAS > AMBICIóN Y PRESUNCIóN
O ASNO E O CACHORRINHO
(por Esopo)
Vendo um Asno que seu dono acarinhava muito a um Cachorrinho, porque este vinha ao seu encontro saudando-o com mimos e caretas, disse a si mesmo:
"Se um animal tão pequeno é tão querido do meu amo e da sua família, muito mais eles iriam agradecer meus carinhos, uma vez que eu valho mais e presto maiores serviços."

Disto convencido, o Asno, assim que viu o amo chegar, saiu correndo e relinchando do estábulo, e entre pulos e coices pôs-se a bailar na presença do dono.
Atônito o homem com tal recepção asnal começou a rir com muita vontade. E o Asno, acreditando que estava no caminho certo, se pôs a relinchar no ouvido do amo, colocou as patas em cima dos ombros dele, sujou suas vestes e tratou de lamber-lhe o rosto.

Cansado o dono daquela estranha brincadeira pegou numa estaca e partiu-a nas costas do espantado Asno.
Causas iguais às vezes têm efeitos desiguais. Geralmente os néscios pensam agradar quando não fazem outra coisa que causar desgosto e enfado.


Lección / Moraleja:
Causas iguais às vezes têm efeitos desiguais. Geralmente os néscios pensam agradar quando não fazem outra coisa que causar desgosto e enfado.
OTRAS FABULAS DE Esopo
Cuentos Infantiles, audiocuentos, nanas, y otros en CuentoCuentos.net © 2009 Contacta con nostrosAviso Legal

eXTReMe Tracker

La mayoría del material de CuentoCuentos.net es proporcionado por nuestros usuarios, proveniente del grandísimo almacén que es la red. Si considera que alguno del material expuesto vulnera sus derechos y/o prerrogativas, le rogamos que nos lo comunique contactando con nosotros